Publicidade

18.1.13

A sério! Há um mínimo.

É a frase que me vem à cabeça quando vejo certas cenas que me arrepiam os pêlos do meu sentido de conveniência.

Passo eu por uma loja da Optimus, daquelas abertas nos centros comerciais, e está um casal a ser atendido. Enquanto o sr parece estar a resolver a sua questão, seja ela qual for não interessa para o caso e está ao lado a sua respeitável, esposa, irmã, amiga, sei lá. 
A senhora está armada de escova na mão, a ouvir atentamente a empregada,  a pentear os seus extensos cabelos.

A sério! Há um mínimo.

Isto faz-me cá uma impressão. É que nem é o momento, nem o sitio e onde está o respeito pelo outro? 
Pior só o Sr, que costumava andar no autocarro que eu apanhava para a faculdade, que insistia em puxar do corta-unhas e cortar a bela da unhaca mesmo ali ao meu lado ou ao lado de quem calhasse. 

Secalhar até há uma psicose qualquer que faz certas pessoas pentearem-se em qualquer lado, e nesse caso a Sra tem de me desculpar pela minha insensibilidade. Caso contrário, que acredito ser o mais provável, "oh minha senhora, vá pentear o cabelo para a casa de banho!".

Eu, que sou rapariga de deixar tudo para a última, por vezes também pinto a unhinha num canto refundido do café mas verifico primeiro se ninguém está no campo de visão e de olfacto do processo...

A sério, há um mínimo!

Mas esta, é apenas a minha Impressão.

6 comentários:

Imperatriz Sissi disse...

Realmente, há pessoas muito descontraídas!

Aproveito para pedir o teu apoio na eleição dos blogs do Ano. O Imperatriz está quase a chegar aos finalistas nas categorias"Generalista" e "Moda". Obrigada e beijinho!:

http://aventar.eu/blogs-do-ano-2012/blogs-do-ano-2012-votacoes-1a-fase-24/

Impressão da Papoila disse...

Tá feito :)

Boa sorte Sissi

**

A Flor disse...

Há gente que não tem noção. Tive um professor no secundário que, durante as aulas, usava a unha do dedo mindinho para coçar o ouvido e depois limpava a cera num lencinho... Era nojento.

colibri esverdeado disse...

Essa fez-me lembrar de um homem a cortar as unhas no intercidades... deve haver mesmo alguma desordem mental subjacente :x

Joana Leite disse...

Deu-me vontade de rir só de imaginar, há mesmo pessoas que não conseguem mesmo distinguir o que é suposto fazer em publico do que não é :/

Beijinho e boa semana*
STYLE TRACES
ST FACEBOOK PAGE

Sopa de Letras disse...

pois há pessoas que enfim não entendem nem de etiquetam nem de educação nem de respeito.
é caricato!