Publicidade

1.11.16

O Halloween não é uma tradição portuguesa!!!

Buaaaa!!!! Chorem lá baba e ranho, fiquem todos indignados com desabafos sociais, sejam uns grandes diferentes e falem mal do Halloween... Estão no vosso direito como eu estou no meu de vos achar uns bebés chorões, "party poopers" (olha outra coisa tão pouco portuguesa) e enjoadinhos.



O que é que interessa se o Halloween (tão pouco português que tive de ir ver no google como se escreve) não é uma tradição portuguesa??!!

A malta quer é festa e boas desculpas para quebrar a rotina. Se diverte mais gente do que aquela que incomoda então, a meu simples ver, é uma óptima tradição adoptada. Preocupava-me era se a "nossa" nojenta tradição de matar touros fosse adoptada pelos Dinamarqueses.

"Ai porque é tudo uma estratégia das lojas para venderem mais!!" Sim, é uma forma das lojas terem mais uma data de promoções e acções mas se pegarem neste exemplo do Halloween, perceberão que primeiro chegou o Halloween às pessoas (através, principalmente, das redes sociais) e só nestes últimos 2 a 3 anos chegou ao comércio. O comércio apenas acompanhou os desejos das pessoas. Lembro-me que ainda o ano passado havia pessoas à procura de coisas para o Halloween e a oferta era reduzida. Por outro lado, do ano passado para este aumentou exponencialmente o número de pessoas que foi brincar ao Halloween. 

Por isso, não vejo teoria da conspiração nenhuma aqui. Gritem que odeiam o Halloween. Eu também ligo zero à Páscoa mas não faço desdém de quem a celebra religiosamente. Aproveitando-a sim, para comer bom pato de laranja com a minha família. Gritem que odeiam o Halloween porque não se vêm a fazer as figurinhas que os dados à bruxaria fingida e à temática dos zombies fazem neste festejo mas não venham com a justificação de que não devia ser celebrado porque não é português...

O Pai Natal também é super português né? A minha avó conheceu o Natal como uma celebração ao nascimento de Jesus, com presépio montado, missa do galo e celebração de família... no entanto quando chegou a Portugal o Pai Natal barrigudo e vestido de vermelho (já lá vão 80 anos) até a minha avozinha alinhou... Ui! E o que ela gostava daqueles Pai Natal de chocolate... Eu acredito no menino Jesus, porque é a ele que agradeço todos os dias a vida que tenho, mas também gosto de acreditar numa figura sempre alegre e bonacheirona que distribui presentes na noite de Natal. 

O futebol, dizem os especialistas com bastante certeza, também era inglês e no entanto de quem é o melhor do mundo no jogo da bola?! O nosso tuga Ronaldo. Eu que gosto 0,5% de futebol também gostava que o desporto mais visto na televisão portuguesa fosse a ginástica acrobática mas isso não vai acontecer pois não?

Eu também acho estranho que se celebre o Carnaval com samba porque eu gosto mesmo é do Carnaval de Torres Vedras... Mas se as raparigas querem andar a enregelar o rabo e as maminhas com 10º Celsius... deixai-as.

E podia continuar  a dar exemplos... 

Se as pessoas gastam mais dinheiro agora do que antes de se celebrar o Halloween em Portugal? Sim, provavelmente. É para compensar todas aquelas forretas que nem uma castanha me davam quando lhes ia à porta pedir o "pão por Deus.".

Sejam felizes. Parem de praticar um desporto que parece que se tornou moda nos dias de hoje: "Resmunganço, só para ser diferente." Volto a dizer: "SEJAM FELIZES!"


1 comentário:

Rui Leal disse...

Muito bem minha Papoila :)